Sword Art Online Alicization #6 – Explicações – Comentários Semanais

Fala pessoal, o peço desculpas pelo atraso, tivemos um problema no blog, mais não vou ficar lamentando e vamos começar logo o meu comentário.

Tivemos um episódio com varias explicações sobre as inteligencia artificiais e conceito envolta dela, vamos por parte na explicação. No inicio Kikuo kaexplica a gravidade em que o kirito está,  e que Rath é o único lugar que ele pode ser tratado.

Foi explicado é como funciona a tecnologia STL..Soul translator no qual o kirito esta sendo submetido no tratamento, no qual Fluctilight do Kirito é estimulado diretamente, produzindo assim uma nova rede neural.

Vamos ao conceito do STL, Que é uma maquina que lê a alma do seu Fluctilight  e permite que eles entrem num mundo virtual aonde tudo é indistinguível da realidade.

Mais isso está longe do objetivo principal do projeto, na verdade como citado pelo Kikuoka, o principal objetivo é criar uma inteligencia artificial multiuso button-up. 

Exitem dois meios de desenvolver inteligencia artificial, um é o modelo top-down onde e programado uma onde uma inteligencia artificial para que ela aprenda replicar a verdadeira, mas ela não consegue reagir a algo que não tenha aprendido.

Outro tipo de inteligencia e o que é usado pelo Kikuoka é o button-up, que envolve replicar artificialmente a construção de um orgão biologico que abrange cem bilhões de neurônios interligados sendo suando ele para criar a inteligencia artificial.

Em resumo para não ficar muito grande o review pois tenho que terminar o outro.

Rath junto com Kikuoka  criaram um método para escanear a alma humana e replicar a mesma no mundo virtual, mas para isso usaram um Um “Portal Cristalino de luz quântica” um cubo que que está servindo como um tipo de armazenamento.

Tivemos uma demostração da inteligencia replicada e a reação dela, como mostrado a inteligencia artificial não gostou do fato de ser uma copia e entrou em colapso.

Foram feitas varias copias de almas, até do próprio Kikuoka, além de Bebês recém nascidos, para replicá-los no mundo virtual.

Usando resquícios já pré estabelecidos que já existiam na rede, mas especificamente os mundos VRMMO, foi criado o mundo de underworld. pequenas vilas foram criadas e seus ambientes vizinho e converteram para o uso com STL.

Os experimento seguiu assim. quatro membros da equipe da Rath levaram 16 almas até 18 anos para o mundo, esses 16 jovens cresceram rapidamente. Todos eram obedientes e íntegros.

Com as IA grande a Rath deu filhos para eles e aceleraram o tempo por 5000, sendo assim criando mais gerações, com a aceleração se passaram 300 anos e uma grande sociedade de 80.000 pessoas havia se formado.

Tendo uma sociedade solida de IA, os próprios criaram o código de tabus, mas especificamente entidade do governo chamada igreja do Axioma, eles criaram as Leis que são chamados código de tabus.

Ao contrario dos humano na vida real que ao ligar a TV já veem noticias de homicídios roubos e não seguem as leis, em Underwold elas são seguidas ao pé da letra.

Kikuoka parece não gostar disso, pelo que já desconfio dele desde a primeira vez que ele apareceu, como já previsto o objetivo dele agora é criar uma IA que seja capaz de matar.

O Motivo é bem clichê que é para ser usado para exercito do governo. Asuna tocou no ponto que eu não tinha prestado atenção, nunca foi dito a razão para o Kirito, já que pelo senso de justiça dele, não aceitaria.

Ai venho a Asuna com seu discurso de solidariedade e proteção as IA, da um tempo né filha, se não teríamos o anime, mas o obvio foi dito, Kikuoka está nem aí para as IA e que 1000 delas não vale mais que uma vida de um soldado.

Encerrando a parte do projeto Alicization, tudo não passa de um experimento governamental, que só servira até o momento para criar tecnologia para o exercito, e que o Kirito foi chamado devido a sua experiencia por causa dos fatos ocorridos por ele.

Asuna foi visitar o Kirito que está na maquina, aquela enfermeira que pensava que era apenas uma enfermeira na verdade é a primeira sargenta enfermeira da escolha de enfermagem de auto defesa do japão, tivemos a conversa da Asuna com a doutora e o relacionamento dela com kayaba Akihiko.

Descobrimos que ela teve uma bomba plantada no peito e foi forçada a coelaborar com o projeto Sword Art Online. Por incrível que parecesa não discordando a asuna agradece tudo que ela Doutora fez junto com kayaba Akihiko e se não fossem eles, ela não teria conhecido o kirito.

O Anime fecha com um Kayaba Akihiko não sei se a inteligencia artificial materializada ou só foi o sonho aparecendo para doutora.

Esse foi o meus comentários, peço novamente desculpas pela demora, nos próximos episódios serão normalizados.

CONFIRA TAMBÉM | SEISHUN BUTA #6 – UM AMOR NÃO CORRESPONDIDO – COMENTÁRIOS SEMANAIS

Sword Art Online Alicization #6 - Explicações
  • AVALIAÇÃO DO AUTOR

Pablo Silva

Fã de mangás que busca saber mais e mais de como é feito um anime

Você pode gostar...